10 Dicas Para Perder Peso Rapidamente Depois da Gravidez E Ficar Linda

A partir do momento em que o peso adquirido durante a gravidez se acumula, existem várias dicas de como emagrecer após o parto. Depois que o bebê nasce e você volta à rotina, é hora de colocar essas dicas em ação. Se você não tem certeza de como começar, aqui estão 10 passos para voltar ao seu peso rapidamente depois da gravidez!

Veja a Seguir 10 Dicas de Como Perder Peso Rapidamente Depois da Gravidez:

Biosom Image

1) Coma lanches saudáveis

Comer muito açúcar levanta e muito seus níveis de açúcar no sangue, como em um passeio de montanha-russa. E quando o açúcar no sangue cai você estará mais propensa a comer a primeira coisa que você vê. Então, evite as guloseimas açucaradas.

Para evitar a tentação, mantenha os alimentos nutritivos sempre ao seu alcance. E faça lanches saudáveis com banana, leite, amendoim, ovos e alface, por exemplo, pois são alimentos que diminuem a vontade de comer doces.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

Estudos têm mostrado que o cálcio do leite pode realmente ajudar na perda de peso, bloqueando um hormônio que permite que o corpo armazene gordura. Além disso, comer lanches ricos em fibras como figos e passas ou biscoitos de trigo integral com legumes, podem ajudar na digestão.

2) Amamente

Quando você está amamentando, você estará perdendo peso. Para que seu corpo “fabrique” leite, usa muita energia e consequentemente você irá emagrecer mesmo se apenas fica sentada o dia todo. Mas lógico, ter uma alimentação saudável é muito importante.

Esteja ciente de que, logo que você parar com a amamentação ou começar a suplementar a dieta do seu bebê com sólidos, suas necessidades de calorias vai cair. Então após isso, se alimente de acordo com as atividades exercidas durante o dia.

3) Levantamento de peso

O treinamento com pesos irá acelerar o seu metabolismo. No entanto, em vez de ir ao ginásio ou investir em um conjunto de halteres imediatamente, inclua seu bebê em sua rotina. Segure o bebê no seu peito e fazer flexões, por exemplo, ou atrás do carrinho de bebê.

4) Evite dietas rigorosas

Diga não aos alimentos de caloria vazia, como refrigerantes e batatas fritas, bem como dietas da moda que eliminam grupos alimentares inteiros. Em vez disso, faça refeições ricas em nutrientes que contenham proteína magra, cereais integrais, frutas e vegetais frescos e produtos lácteos com baixo teor de gordura.

Os especialistas aconselham a não fazer dieta logo após o parto. Faça refeições pequenas e frequentes ao longo do dia, pois irão manter seus níveis de açúcar no sangue constante.

Tenha em mente que, se suas calorias são distribuídas ao longo do dia, serão metabolizadas de forma mais eficiente e menos propensas a ser armazenadas como gordura. E tome sucos. Toda a vitamina C que você precisa para um dia, está disponível em um pequeno copo de suco de laranja natural.

5) Durma o suficiente

Dormir ajuda na perda de peso. Acordar durante a noite devido aos choros do recém-nascido pode perturbar o seu metabolismo e tornar mais difícil para você perder o seu peso que ganhou na gravidez.

Não sacrifique o sono. Se você não dorme o suficiente, não vai ter energia suficiente para a caminhada. Então, converse com seu parceiro para dividirem o tempo caso o bebê chore, afinal, nem sempre a criança quer amamentar quando chora. Pode ser preciso trocar a fralda ou ele queira receber carinho.

6) Faça caminhada

A maioria das novas mães não pensam muito em praticar exercício. Isso é perfeitamente normal. O corpo da maioria das mulheres não está pronto para exercício até seis semanas após o parto ou cesárea.

Comece andando aos poucos. Se você se sente bem e não causa sangramento, caminhe um pouco mais no dia seguinte. Faça isso até as seis semanas, após isso, você pode andar por 20 a 30 minutos, 3 a 5 vezes por semana. Você não precisa nem sair do seu bairro. Empurrar o carrinho de criança por 30 minutos queima 150 calorias ou subir e descer escadas por 15 minutos.

7) Coverse com outras mães

Pode ser útil se conectar com outras mães. À primeira vista, talvez não faça sentido. Mas uma incentivando a outra pode ser o que falta para a perda de peso.

É preciso paciência com o seu corpo, pois demorou nove meses para ganhar o peso extra, então, deve demorar pelo menos tempo para voltar ao seu peso anterior.

8) Beba bastante água

Beber muita água durante todo o dia a impede de ficar desidratada. Ela também a enche de modo que você não come tanto e acelera o seu metabolismo, o que faz perder peso.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

É recomendado oito copos por dia, mas pode usar a cor de sua urina e quantas vezes você vai ao banheiro como guias. Se você está bebendo bastante líquido, a sua urina deve ser relativamente clara, e você deve estar indo para o banheiro a cada três a quatro horas.

9) Procure uma nutricionista

Às vezes, existem mulheres que não conseguem perder peso. Nestes casos, é preciso procurar ajuda profissional. Então, se após 12 meses, você simplesmente não consegue perder e muitas vezes até ganhar mais, procure um médico especialista para que você perca o peso com saúde.

10) Disciplina e foco

De nada adianta saber as dicas acima, se você começar e depois parar. Então dê amamentação exclusiva nos primeiros 6 meses, faça caminhada aos poucos sempre respeitando seus limites, faça refeições leves, não faça dietas restritivas e procure uma nutricionista porque te farão perder peso rapidamente depois da gravidez.

Fontes:

http://www.fitpregnancy.com/parenting/postnatal-health/tips-how-lose-baby-weight

http://www.webmd.com/baby/features/8-tips-for-losing-weight-after-pregnancy#1

 

Aprenda Como Remover Uma Espinha Interna Sem Lesão E Em Instantes

5 Dicas Para Você Conseguir Emagrecer Rápido E Sem Academia

Depois da jornada de trabalho vem os compromissos com amigos, familiares e projetos pessoais. Somando tudo, mal temos tempo para descansar, incluir a academia na rotina fica, então, cada vez mais difícil. Como manter a forma sem ir a academia? A resposta vem de Lola Melnick, que em entrevista para o Bolsa de Mulher, listou 5 truques caseiros para conseguir emagrecer rápido sem academia.

Adotando esses hábitos, você não irá somente perder peso, mas também irá melhorar sua saúde qualidade de vida.

Veja abaixo 5 dicas para emagrecer rápido sem academia

1 – Água morna com limão

Biosom Image

Além de ser um poderoso composto diurético, essa bebida detox irá limpar o organismo evitando o acúmulo de gordurinhas.

O horário correto para consumir é no momento em que você acorda, ainda em jejum.

Utilize 1/2 limão espremido em 100ml de água morna. Tome sem açúcar ou adoçante e o ideal é esperar de 15 a 30 minutos para poder comer algo.

2 – Dançar em casa

Como todos sabemos, dança é uma eficiente atividade aeróbica. No entanto, o que poucos sabem é que danças, como a zumba, podem consumir até mil calorias em apenas 1 hora de prática.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

A dica aqui é separar uma hora, em casa mesmo, e siga algumas aulas de zumba por vídeo encontradas gratuitamente no youtube. Veja acima, uma aula super legal que separamos para vocês.

3 – Andar a pé

Biosom Image

Comece usando escadas no shopping e metrô sempre que possível. Se você usa transporte público, tente descer alguns pontos, ou estações antes do seu destino final. Assim, irá caminhar alguns minutos, o que será melhor do que não caminhar.

Além de ajudar a perder peso, a caminhada é muito eficiente para saúde em geral. Este tipo de exercício diário pode ajudar a melhorar a pressão arterial, reduz pela metade as chances de se pegar um resfriado e diversos outros benefícios.

Veja aqui os 10 benefícios adquiridos através da caminhada

4 – Subir escadas

Biosom Image

Acostume-se com atividade física. A dica é trocar o elevador pelas escadas, caso more em apartamento. Subir escadas com frequência trabalha diversas partes do corpo e ajuda a definir as coxas e bumbum.

É necessário consultar um médico antes de iniciar atividades físicas. Normalmente, é contraindicado para pessoas com problemas respiratórios, dores nas articulações e problemas cardíacos.

Veja aqui uma sequência de exercícios que você poderá fazer durante a semana.

5 – Pular corda

Biosom Image

Excelente medida para perder peso. Pular corda é um dos mais completos exercícios aeróbicos. Melhora a resistência cardiovascular e fortalece os membros. Para ficar ainda mais atrativo, pular corda pode queimar até 400 calorias em apenas meia hora.

 Além de ser uma ótima dica para emagrecer, a corda ótima por ser portátil. Assim, é uma escolha perfeita para levar para viagens, parques etc. Você poderá perder peso em qualquer lugar além de tornear os membros inferiores e deixar sua perna durinha.

Os 8 Esportes Que Mais Queima Calorias

Veja abaixo alguns esportes e o quanto queimam de caloria em 30 minutos de prática. Foram calculados em uma base de pessoas com 74kg.

8.   Vôlei

Biosom Image

Calorias queimadas em 30 minutos: 116 calorias

Exercícios como esteira ou uma aula aeróbica pode te ajudar, mas não é possível ter os benefícios da saúde de esportes de equipe. O vôlei permite que você interaja com seus companheiros, trabalhando sua saúde mental e queimando calorias constantemente. As calorias queimadas variam devido a intensidade e o local. Por exemplo, 116 calorias queimadas são em um jogo casual na quadra, se for um jogo de vôlei na areia é possível queimar 310 calorias.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

7.   Surf

Biosom Image

Calorias queimadas em 30 minutos: 117 calorias

É um dos esportes que praticam o aeróbio e anaeróbio ao mesmo tempo. O surf fortalece as pernas e é conhecido como “terapia do oceano”. Um estudo feito pela Universidade da Califórnia concluiu que o surf pode melhorar o humor de uma pessoa e prevenir a depressão e o estresse. As pessoas que sofrem com o mau humor podem ficar mais alegres e relaxadas após algumas semanas surfando.

6.   Natação

Biosom Image

Calorias queimadas por 30 minutos: 136 calorias

Um dos únicos esportes que possui benefício de não ter nenhum tipo de impacto nas articulações. Quando foi citado a natação, não estamos nos referindo à brincar de Marco Polo ou de quem chega ao outro lado da piscina sem respirar. Se você tiver uma piscina onde mora ou ter acesso a uma, passe um tempo nela dando algumas braçadas, praticando alguns estilos, como crawl, peito, borboleta e costas. Você poderá sentir o quão rápido praticar esse esporte cansa, sem contar que você está se refrescando na água enquanto pratica um exercício.

5.   Basquete

Biosom Image

Calorias queimadas em 30 minutos: 232 calorias

Além de ser um bom exercício aeróbico, também tonifica os músculos. A quantidade de caloria queimada pode variar de pessoa para pessoa, isso também de acordo com o peso de cada uma. Citamos 232 calorias queimadas, mas isso para uma pessoa que pesa 74kg. Uma pessoa que pesa 90kg, consegue queimar 363 calorias em 30 minutos.

4.   Futebol

Biosom Image

Calorias queimadas em 30 minutos: 272 calorias

O futebol é um bom esporte para queimar calorias. Facilita devido à diversão, enquanto pratica o exercício, assim faz com que o tempo de exercício seja mais divertido do que somente correr na esteira. O futebol força a trabalhar diferentes partes do corpo, devido aos movimentos, impulsos e freadas.

3.   Tênis

Biosom Image

Calorias queimadas em 30 minutos: 310 calorias

É um esporte de alto impacto e intensa atividade aeróbica. O jogador precisa correr de um lado para o outro para conseguir alcançar a bola e devolvê-la ao outro lado da rede. É um esporte que vai exigir esforço do seu corpo inteiro. Pode-se considerar um esporte para queimar suas calorias o suficiente e atingir suas metas fitness.

 [td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

2.   Boxe

Biosom Image

Calorias queimadas em 30 minutos: 349 calorias

Meia hora de treino de boxe pode queimar aproximadamente 349 calorias. Logicamente que ao longo do treino sua intensidade vai caindo, sendo consciente ou não devido ao cansaço. Esses números se aplicam somente quando você é capaz de manter um nível constante no treino.

É possível queimar mais ainda se você fizer o treino no sacos de pancada e no ringue.

1.   Squash

Biosom Image

Calorias queimadas em 30 minutos: 465 calorias

Entre os esportes acima, o squash é um dos mais exaustivos, tem um ritmo rápido e é um método eficaz para controlar seu peso. É possível queimar mais calorias do que o consumido em um dia, é só olhar um jogo de squash e você vai imaginar o quanto deve queimar e cansar.

A prática desse esporte irá melhorar a sua força, saúde cardiovascular, equilíbrio, agilidade e coordenação.

Porquê praticar esportes

Veja aqui alguns motivos para aderir aos esportes:

  • O esporte possui fatores que agregam na saúde, socialização, civilidade e melhoria do potencial intelectual.
  • O indivíduo adquire solidariedade humana, respeito ao adversário e companheirismo no esporte.
  • Melhora na autoestima.
  • Autoconhecimento e conhecimento corporal.

Você Tem Obsessão Compulsiva Por Comida?

10 Alimentos Que Você Não Deve Comer Antes De Dormir

 

Todo mundo já ouviu a frase: comer de barriga cheia faz mal. E veja só, ela é verdadeira. O nosso corpo não foi feito para receber grandes quantidades de comida quando está em repouso; ou seja, antes de dormir. Tudo isso piora quando comemos certos tipos de alimentos. Eles podem ser um prato cheio para a insônia e pesadelos.

10 Alimentos que Devemos Evitar Antes de Dormir

Pensando nisso, separamos para você a lista de 10 piores alimentos para se comer antes de dormir:

Biosom Image

1) Macarrão

Macarrão é um carboidrato que se converte em energia para o corpo o que faz com que esse tipo de alimento seja muito consumido por atletas. Mas comer antes de dormir, fará com que o carboidrato se transforme em gordura, ainda mais se o recheio for queijo, creme de leite e molho de tomate.

Outro fator a acrescentar é que o macarrão aumenta o açúcar no sangue e isso provocará insônia.

 [td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

2) Pizza

Quando a fome bate no meio da noite pode ser uma tentação comer aquele pedaço de pizza que sobrou do almoço. Mas essa não é a melhor opção. O problema da pizza é justamente seu recheio como o queijo e molho de tomate, tudo isso provoca azia, dores de barriga e pesadelos.

Se não bastasse isso, a pizza é um alimento calórico já que contém gorduras e carboidratos. À noite nosso corpo não faz digestão corretamente então com o tempo isso irá refletir diretamente no ganho de peso.

3) Chocolate

 

Mais uma vez o problema do chocolate, principalmente do escuro, é a cafeína. Comer chocolate a noite equivale ao mesmo que tomar uma xícara de café.

Uma pesquisa mostrou que 7 a cada 10 pessoas que comem chocolate antes de dormir tem mais chances de ter pesadelo. A explicação é que sua alta quantidade de açúcar provoca ondas cerebrais que resultam em pesadelos.

4) Alimentos picantes

A pimenta é rica em benefícios, mas ela não faz bem ao seu corpo se for consumida a noite. Esse tipo de alimento causa problemas ao estômago como irritação e azia, isso por sua vez pode te deixar a noite toda acordado.

Uma segunda questão é que alimentos picantes geralmente são uma bomba calórica, isso pode fazer você ganhar peso.

5) Hambúrguer

Comer um hambúrguer a noite parece prático de preparar, mas não é assim para o seu sono. Além do excesso de gordura e caloria que fará mal ao seu estômago, ainda podemos citar o excesso de ácido que será produzido para fazer a digestão. Isso provocará dores de barriga.

Comer comidas pesadas causa um sono leve que não será capaz de relaxar o corpo e mente por completo, isso vai prejudicar o dia seguinte.

6) Refrigerante

Refrigerante sempre esteve na lista de piores alimentos e para o sono não é diferente. Além da cafeína, ainda tem o gás que pode provocar desconfortos. O açúcar em excesso presente no refrigerante pode te manter acordado já que age como um super estimulante.

7) Café

Para quem quer dormir bem é proibido tomar café, já que café tem cafeína um estimulante do sistema nervoso que nos mantém acordados. É claro que isso não é regra geral, pois a cafeína não faz o mesmo efeito em todas as pessoas.

Porém, o ideal para um sono tranquilo é evitar tomar café no mínimo umas 3 horas antes de dormir.

8) Iogurte

O iogurte é conhecido por ser saudável e fazer parte dos chamados lanches rápidos. Mas a noite ele pode se tornar um assassino do sono. O motivo é devido o excesso de açúcar que você estará recebendo, isso será convertido em energia. Como essa energia não será gasta ela se transformará em gordura. Pesquisas mostram que comer alimentos ricos em açúcar provoca pesadelos.

9) Carne

Para quem gosta de comer carne antes de dormir é melhor pensar duas vezes. A carne fornece proteína e gordura ao nosso corpo fazendo com que ele funcione corretamente. Quando consumida a noite, seu corpo vai trabalhar para realizar a digestão tornando seu sono mais leve. Por ser difícil de digerir dificilmente você alcançará um sono profundo.

10) Álcool

A primeira impressão é que o ácool ajuda a relaxar e dormir melhor mas isso não é verdade. O álcool é o grande vilão do sono, apesar de nos dar impressão de relaxar, ele atrapalha a qualidade do sono.

Você pode cair no sono rapidamente mas álcool não deixa a pessoa cair no sono profundo. Os especialistas alertam que o álcool suprime a respiração, e pode causar a apneia do sono que é um distúrbio que a pessoa para e começa a respirar repetidamente.

Chegamos a conclusão de que o recomendado para a saúde do nosso organismo é não consumir nenhum alimento 3 horas antes de dormir. Fazer isso garantirá uma boa noite de sono.

Biosom Image

Fontes:

 

10 Foods to Never Eat Before Sleeping

http://www.foxnews.com/health/2012/04/13/10-foods-to-avoid-before-bed.html

Conheça Os 10 Antibióticos Naturais que Você Pode Achar na Cozinha

antibióticos naturais

Certas vezes as pessoas se esquecem o poder que os itens comumente utilizados na cozinha no dia a dia possuem, principalmente aqueles mais naturais. É importante lembrar que muitos desses alimentos contam com propriedades capazes de agir positivamente na saúde. Por essa razão, é importante sempre contar com orientação e buscar conhecer mais sobre o que estamos consumimos, pois algumas vezes só mudar alguns dos hábitos alimentares pode resultar em benefícios para a saúde, como os antibióticos, que podem agir no tratamento de doenças e infecções. Lembrando que é imprescindível não abusar de nenhum alimento e manter uma dieta balanceada.

Veja a seguir 10 antibióticos naturais que você pode encontrar facilmente na cozinha:

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

1. Alho

Biosom ImageO alho contém substâncias, como a alicina, que contribuem na prevenção e tratamento de doenças. Naturalmente, assim como todos os alimentos que aparecerão na lista, ele deve fazer parte da dieta e combinado com outros itens para que ela seja bem balanceada. Outro ponto benéfico é sua contribuição com o reforço do sistema imunológico.

Além disso, é importante ressaltar que quando ele é aquecido, algumas de suas propriedades podem ser perdidas, por isso ele pode ser consumido cru, triturado nos molhos ou amassado.

2. Gengibre

Biosom ImageÉ difícil não ouvir dizer que o gengibre desempenha um papel benéfico para saúde, principalmente quando trata-se de resfriados. Ele contém propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e contribuem não só para combater as gripes e os resfriados, como também para amenizar dores e náuseas. Os japoneses comem gengibre na hora de comer peixe crú por ser um grande antibiótico.

3. Mel

Biosom ImageO mel é considerado um antibiótico poderoso, principalmente por seu papel no combate a infecções. Ele é muito indicado também em casos de gripes e resfriados, contribuindo com dores de garganta, tosses e dores. No entanto, antes de consumir o alimento, é importante prestar atenção no tipo de alimento comprado e se ele realmente tem propriedades naturais.

4. Orégano

Biosom ImageO orégano tem como uma das suas principais características o aroma, além disso, é muito utilizado na culinária. O que é importante saber, é que antigamente ele era muito utilizado para fazer alguns medicamentos, isso porque ele contém propriedades antioxidantes, ajudando assim a reforçar o sistema imunológico das pessoas. Ainda agentes anti-inflamatórios e antissépticos são ligados a essa erva.

5. Cebola

 

Biosom ImageDa mesma família do alho, a cebola é usada constantemente na culinária, pode acabar sendo tão comum que algumas pessoas esquecem que ela pode ser muito benéfica. Um dos seus principais benefícios está ligado ao fato desse alimento dificultar a ação das bactérias e ajudar no combate de inflamações.

6. Vinagre de Maçã

Biosom ImageMuito mais que um tempero, o vinagre conta com diversos benefícios, entre eles, o controle de diabetes, combate de infecções, o auxílio ao emagrecimento e contribui para amenizar os sintomas de resfriados, como a tosse ou dor de garganta.

7. Limão

Biosom ImageO limão está nessa lista principalmente por conta da força de suas propriedades, como a desintoxicante, que contribui no combate a agentes nocivos ao corpo. Não é a toa que ele é muito utilizado como tempero, em chás e em sucos. Além disso, ele é rico em vitamina C, que contribui com a imunidade, por fim, ele ainda colabora com o colesterol, ajudando a regular.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

8. Eucalipto

Biosom ImageAcredita-se que o óleo essencial do eucalipto tenha um papel que favoreça o combate a infecções, principalmente aquelas que estão relacionadas aos problemas respiratórios. Além disso, pode contribuir na luta contra inflamações e dores.

9. Abacate

Biosom Image

O abacate pode ter o uso ligado com diversas refeições e tipos de alimentos, as vitaminas feitas com ele e outras frutas é um dos exemplos. Além disso, ele é um forte aliado no combate de infecções, a regular o colesterol, para os olhos e para a pele.

10. Canela

Biosom ImageA canela carrega em si propriedades muito benéficas, por isso que quando adicionada a uma dieta saudável e balanceada, ela contribui para a saúde. Além disso, ela ajuda a combater infecções, a fadiga, colesterol e no controle de diabetes.

Veja também o infográfico  com 10 antibióticos naturais

Biosom Image

Fontes:

The 11 Best Natural Antibiotics and How to Use Them

http://www.foodmatters.tv/article/5-powerful-antibiotics-that-dont-require-a-prescription

Você Tem Obsessão Compulsiva Por Comida?

Obsessivo compulsivo por comida

É inacreditável, mas você já deve ter visto alguém obsessivo compulsivo por comida. Seja por querer comer muito e de tudo, ou por controlar todas as calorias daquilo que você ingere, o sentimento exagerado pela comida não é algo saudável.

A obsessão pela comida pode ter início em uma simples contagem de calorias que, conta o tempo, se torna obsessiva, ou aquela vontade que você sente no trabalho de chegar à suacasa e se deliciar com sorvete, que se transforma quando você quer comer todo o pote! Mesmo que pareça estranho, esta obsessão pode ocasionar diferentes transtornos –anorexia, bulimia ou obesidade -, já que o cérebro de uma pessoa viciada em alimentação possui a química idêntica à das pessoas que sofrem com o alcoolismo ou dependência química.

1) Dentre os principais sinais que você é obsessivo compulsivo por comida estão:

Biosom Image

1 – Comer em reação a boas e más notícias

Sabe aquela história de “se estou feliz eu como, se estou triste eu como também”? A pessoa obsessiva compulsiva por comida costuma comer muito, tanto em reação a boas e más notícias.

2 – Alimentar-se sem estar com fome

Você lanchou às 11 horas no serviço e o horário de almoço é às 12h30? As pessoas obsessivas, mesmo que cheias, iriam almoçar da mesma maneira, com a quantidade de alimento igual a que seria se não tivesse lanchado.

3 – O “dia do lixo” ocorre todos os dias

Sabe aquela pizza suculenta do final de semana? Quando você está obcecado por comida, o alimento que deveria ser ingerido somente uma vez durante a semana, ou em menor frequência, acaba ocorrendo todos os dias.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

4 – Você conta todas as calorias

Como já dissemos, as pessoas que comem muito pouco também podem estar obcecadas pela alimentação. O ato de contar todas as calorias, de todas as refeições que você come, também é um sinal de obsessão alimentar.

 

Biosom Image

5 – Os alimentos são divididos em “bons” e “maus”

A pessoa que controla tudo que come costuma dividir todas as comidas. A cenoura, por exemplo, é um alimento bom. Já a pizza é uma comida má, que não deve ser ingerida de forma alguma.

6 – Você julga as pessoas pelos hábitos alimentares delas

Você se tornou o “médico” entre os seus amigos? Controlar os hábitos alimentares das pessoas que estão ao seu redor – e até mesmo daquelas que você nem conhece, mas olha no momento da refeição – é um sinal de obsessão por comida.

7 – Você quase não toma água

O ideal de ingestão de água é, no mínimo, dois litros por dia. Quando você come muito, acaba se esquecendo de beber água, e substitui o líquido por refrigerantes, sucos, milk-shakes, dentre outras bebidas.

8 – Sua alimentação é diferente quando está sozinho

Entre os seus amigos você pede uma salada, mas quando está sozinho devora um pote de sorvete? Este é claro sinal de obsessão alimentar, já que você esconde a sua alimentação para que as pessoas não interfiram.

9 – A atividade física é exagerada

A prática de atividades físicas, quando realizadas de maneira exacerbada, acaba por ser prejudicial ao seu corpo. Muitas vezes, quem passa horas na academia costuma regrar ainda mais o que come, sem um plano alimentar correto.

10 – Você só come alimentos orgânicos

Você é 100% orgânico? Assim como quem diferencia os alimentos entre “bons” e “maus”, as pessoas que controlam toda a sua alimentação para somente com comida orgânica demonstram estar obsessivas por comida.

O grande problema se encontra no fato de que entre a alimentação saudável e a obsessão por comida existe uma linha tênue. De acordo com especialistas, o primeiro passo para identificar o problema e se livrar dele está em examinar o comportamento com o qual você lida com a comida. Uma simples pergunta pode responder a questão: Você come (ou deixa de comer) por autoestima ou por saúde?

2) Veja as dicas de como se livrar da obsessão pela comida:

Biosom Image

1 – Encontre atividades que substituam os alimentos

Existem ações mais importantes na sua vida do que o ato de comer! Faça uma lista com as atividades que podem lhe dar prazer e experimente realiza-las. Este tipo de alternativa é importante para que você não passe tanto tempo comendo ou pensando no que deve ou não comer.

Dançar, cantar, ouvir música, passear com a família e praticar atividades físicas são apenas alguns exemplos do que você pode realizar. De acordo com pesquisadores, o período para que se quebre um hábito é de 21 dias, então para começar tente realizar as atividades até o final desse período.

2 – Elimine sua paixão por comida

Se o seu caso é a obsessão por comer é importante que você se questione diariamente sobre o verdadeiro motivo de desejar tanto um alimento específico. Você está tentando substituir alguma ausência ao ingerir uma quantidade exorbitante de comida?

Segundo estudiosos, os desejos por comida podem, tipicamente, ser o resultado de desequilíbrios emocionais no corpo. Em contrapartida, a liberação desses sentimentos contribui diretamente para a eliminação do desejo desenfreado por comida.

3 – Deixe de lado seus pensamentos constantes por comida

Para obter um relacionamento saudável com os alimentos que você ingere é importante evitar os pensamentos, que ficam focados na comida. Quanto mais tempo você passar pensando, mais você irá querer.

Não adianta tentar banir um alimento, pois isso só faz com que você o queira ainda mais. Coma, com moderação e de forma ocasional, para que você não se torne obcecado por este alimento específico.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

4 – Libere os blocos subconscientes

Estudos afirmam que a mente consciente é responsável por influenciar apenas 10% de nossas ações. Os outros 90% ficam sob a responsabilidade da mente subconsciente. Deste modo, para tomar a decisão de escolher uma alimentação saudável é importante liberar esses blocos subconscientes, denominados de invisíveis, e responsáveis por nos fazer falhar. É preciso paciência, já que é uma decisão que será tomada ao longo da vida.

5 – Evite canais de cozinha

Para deixar de ser compulsivo (a) é importante lembrar que os anúncios publicitários visam o consumo. Ou seja, aquela comida que você tanto olha na televisão está ali justamente para que você deseje comê-la (e compra-la). Evitar propagandas de alimentos é extremamente importante, para o seu subconsciente não fique confuso.

6 – Pratique atividades físicas

Assim como dissemos no item 4, realizar atividades que distraiam você são um ótimo passo para a cura da obsessão alimentar. A prática de atividades físicas contribui para elevar seus níveis de dopamina e estimular os centros de prazer no cérebro, assim como ocorria com os alimentos. Mesmo que não seja prazeroso de início, a atividade pode se tornar extremamente agradável com o passar do tempo.

7 – Consulte um profissional

Em alguns casos a ajuda de um profissional é imprescindível para que você se livre da obsessão por comida. O especialista na área – seja ele um psicólogo ou psiquiatra – muitas vezes é o responsável por evitar a forma mais grave do transtorno alimentar, já que pode traçar os melhores métodos, de acordo com cada caso específico do problema.

Fontes:

http://healthyeating.sfgate.com/stop-being-obsessed-food-7872.html

http://www.awarenessmag.com/mayjun08/mj08_are_you_obsessed.htm

Conheça Os 10 Alimentos Que Melhoram A Memória

Alimentos que melhoram a memória

Uma boa alimentação não melhora apenas a memória, mas a saúde como todo. Muitos doutores admitem que não recomendam os alimentos que comemos em dia porque os pacientes querem os nomes dos remédios. Por isso, nós perguntamos a eles quais são os 10 super alimentos, que melhoram a memória e ajudam a manter o cérebro sempre saudável.

Veja abaixo a lista de 10 super alimentos que melhoram a memória:

Biosom Image

1) Abacate

O abacate é rico em vitamina antioxidante, mesmo não tendo uma boa fama por seu teor de gordura, é rico em vitamina C e E, mas vamos deixar claro que a gordura encontrada nele é monoinsaturada, tipo bom, o que mantém bom os níveis de açúcar no sangue e a pele bonita.

Ele possui vitamina K e ácido fólico, os quais ajudam na prevenção de coágulos sanguíneos no cérebro, pode ajudar a manter a memória em excelente estado e ajuda na concentração.

2) Azeite de Oliva

O azeite é um ótimo alimento para o cérebro. Ele possui antioxidantes fortíssimos, conhecidos como polifenóis que são encontrados no óleo. O óleo ajuda a lutar contra asproteínas que são tóxicas para o cérebro e que induzem a doença de Alzheimer.

O azeite ajuda quando é preparado frio, como em uma salada, caso contrário, não fará efeito, pois os hydrogenizes se decompõe.

3) Chocolate preto (amargo)

O chocolate preto é rico em antioxidantes e flavonoides. Além de manter a memória saudável, ele mantém também o coração, a pressão arterial e o fluxo sanguíneo.

 

Lembrando que não é qualquer chocolate, mas o amargo. ­Ele possui mais cacau, cerca de 70 por cento, o que ajuda a manter o cérebro em excelente estado e ainda vai se saborear com o doce.

4) Carne de Fígado

A principal vitamina para ajudar a manter a memória saudável, prevenção de doenças no cérebro e coração, na formação do sangue é a B12.

 [td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

5) Grãos integrais

Uma pesquisa feita pelo Columbia University Medical Center, NY, diz que os grãos integrais estão associados a menor risco de cognitivo leve, pode não evoluir a doença de Alzheimer. Além do Alzheimer, pode reduzir o estresse, pressão arterial, entre outras coisas.

Um estudo publicado no American Journal of Epidemiology (Jornal Americano de Epidemiologia) que vitamina E pode retardar o declínio cognitivo na terceira idade. Alimentos com grande fonte de vitamina E com vegetais como asparagus, aceitona, sementes, ovo, arroz integral e grãos melhoram a memória.

6) Morango

Essa fruta possui um nutriente chamado, fisetina. Ela pode ajudar a parar o declínio cognitivo em relação a idade, o mecanismo do cérebro que diminui com a idade. Ela ajuda a se livrar das proteínas tóxicas relacionados a perda de memória.

7) Ovo

Gemas contêm uma grande quantidade de colina, ela ajuda no desenvolvimento do cérebro. Ovos também libera uma substância chamada bethane, ela produz hormônios relacionados à felicidade.

8) Peixe

O peixe possui gordura EPA e DHA, que contém no Omêga 3. Estas gorduras são importantes para a função saudável do cérebro e coração, entre outros.

9) Tomate

Além do morango, o tomate também contém fisetina, o que já sabemos que ajuda na memória. Ele também tem antioxidantes que ajuda a reduzir células causadas pelos radicais livres e ajuda a prevenir doenças.

10) Vegetais Verde Escuro

Brócolis é um dos melhores alimentos para melhorar o performance do cérebro. Ele contém vitamina K e colina, os principais para manter o cérebro ótimo. O brócolis também contém vitamina C, o que pode ajudar na sua ingestão diária.

Biosom Image

Além dos alimentos, atividade físicas melhoram a memória e mantém o cérebro em forma.

Fontes:

15 Brain Foods to Boost Focus and Memory

 

As 10 Frutas Secas Que vão Te Ajudar A Emagrecer

frutas secas

Frutas secas são deliciosas e uma ótima opção de lanches rápidos, mas o que pouca gente sabe é os benefícios que especiarias deste tipo podem trazer para a saúde durante a dieta. Ricas em minerais, fibras cálcio e ferro, as frutas secas são fáceis de achar, demoram até seis meses para vencer e podem ser carregada para todos os lugares como petisco durante a sua dieta.

Separamos uma lista com as 10 frutas secas que mais oferecem benefícios à sua saúde. Confira!

1- Tâmara

Biosom Image

Indicada para quem sofre com anemia e alterações hepáticas, a Tâmara possui nutrientes como vitamina A, B e C, além de potássio, ferro, cobre, cálcio e magnésio. A fruta oferece benefícios para quem sofre com constipação e doenças intestinais, além de possuir nutrientes que aumentam a saúde óssea.

2- Nozes

Biosom Image

As nozes possuem substâncias que ajudam a prevenir e combater o Alzheimer, mantém o coração saudável e reduz a gordura maligna, auxiliando na perda de peso. A fruta também é antioxidante, o que reduz o risco de sofrer com diabetes e problemas cardiovasculares.

3- Damasco

Biosom Image

Ajudando no controle da hipertensão e no bom funcionamento do intestino, o Damasco é rico em fibras, potássio, betacaroteno e é um bom aliado contra a constipação. A fruta também ajuda na prevenção do câncer por conter vitamina A e B17.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

4- Ameixa seca

 

Biosom Image

Por conter efeito laxativo, a fruta é indicada para constipação e para o controle do intestino. Também é rica em ferro e vitamina K, além de ser ótima para os ossos e ser ideal para pessoas que desejam alcançar o peso ideal.

5- Banana passa

Biosom Image

Rica em vitamina A, B e C, a banana passa também é fonte de minerais, como sódio, potássio, ferro, fósforo, magnésio e zinco. A fruta previne infecções renais, problemas de estômago, anemia e muito mais.

6- Uva passa

Biosom Image

Possui uma substância que previne a osteoporose, é rica em fibras, magnésio, boro e tem efeito laxativo, sendo ideal para constipação. A uva passa também previne doenças como diabetes e trata anemia, por conta do alto índice de ferro.

7- Castanha do Pará

Biosom Image

A Castanha do Pará pode combater ou ajudar prevenir doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2 e obesidade, pois conta com excelentes nutrientes, como fibras, vitaminas B e E, cálcio, fósforo e antioxidante.

8- Amêndoas

Biosom Image

Fonte de energia, vitamina E e antioxidante, a Amêndoa é ideal para quem deseja perder peso mantendo somente os carboidratos necessários para o bom funcionamento do organismo. A fruta ajuda a regular o sistema digestivo e ainda garante a saúde do coração.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

9- Avelã

Biosom Image

A Avelã possui uma grande quantidade de vitaminas e minerais que ajudam na redução de peso, favorecem a saúde cerebral e ajudam na boa circulação do sangue. Consumida adequadamente, este fruto garante a saúde e o bom funcionamento do organismo.

10- Amendoim

Biosom Image

Ao contrário do que dizem, quando ingerido na quantidade correta, o amendoim não engorda. O fruto previne doenças, fortalece a estrutura óssea e é um grande aliado da nutrição devido ao grande teor de vitaminas e minerais. É uma fruta fácil de ser encontrada e muito saborosa, podendo ser utilizada em várias receitas ou consumida sozinho.

Fontes:

Top 10 Health Benefits of Eating Dry Fruits

http://www.dryfruitbasket.in/benefits-of-dry-fruits-and-nuts.html

Saiba Quantas Calorias Deves Ingerir Para Perder Peso!

Apesar de parecer um mistério, emagrecer leva em consideração alguns fatores, como determinação, força de vontade e foco. De início, é bem simples. Você precisa avaliar que as questões que norteiam o processo de emagrecimento depende de quantas calorias você ingere e gasta em um mesmo dia.

Segundo especialistas, o processo de ganhar ou perder peso, tem uma lógica bem objetiva:

  • Se você come mais do que gasta, engorda.
  • Se come menos do que gasta, emagrece.

Quem deseja perder os quilinhos extras que adquiriu é necessário ingerir menos calorias do que o seu organismo precisa, de acordo com que especialistas afirmam.

É importante saber quantas calorias você está ingerindo diariamente, já que o número de calorias que cada organismo necessita varia de acordo com sexo, idade, peso, altura e rotina de atividades físicas. Além dos fatores que já dissemos acima, para emagrecer é preciso saber um pouquinho de matemática. Para que? É importante realizar alguns cálculos, a fim de avaliar quais os métodos necessários para o processo de emagrecimento.

Afinal, é preciso perder quantas calorias por dia para emagrecer?

Um dos cálculos mais importante é a Taxa de Metabolismo Basal (TMB). A TMB é responsável por identificar quanto o organismo gasta em repouso para manter as funções vitais, como os batimentos cardíacos e a respiração, sem levar em consideração as atividades diárias. Para calculá-la, utilize a fórmula proposta pela Organização Mundial da Saúde. Confira abaixo:

  • Para as mulheres:
    • De 10 a 18 anos: 12,2 X peso (kg) + 746
    • De 18 a 30 anos: 14,7 X peso (kg) + 496
    • De 30 a 60 anos: 8,7 X peso (kg) + 829
    • Acima de 60 anos: 10,5 X peso (kg) + 596
  • Para os homens
    • De 10 a 18 anos: 17,5 X peso (kg) + 651
    • De 18 a 30 anos: 15,3 X peso (kg) + 679
    • De 30 a 60 anos: 8,7 X peso (kg) + 879
    • Acima de 60 anos: 13,5 X peso (kg) + 487

1) Cardápio Equilibrado

Biosom Image

A partir destes dados é possível calcular um cardápio equilibrado diário com uma média de 1.200 calorias. Esta dieta contribui para um emagrecimento de forma lenta, mas saudável. O ideal é que as pessoas estejam seguindo diariamente a dieta, até o momento em que alcançar o peso ideal.

Se a pessoa seguir a rotina da maneira correta é possível, de acordo com especialistas, liberar para um dia de comidas livres. Mas isso só ocorre se a dieta for seguida sem erros!

  • No café da manhã: se você come um pão francês ou 2 fatias de pão de forma, substitua sempre pela metade. Se você consome iogurte tradicional, troque pelo light.
  • No almoço: substitua a maionese tradicional pela light, a carne de porco por frango ou peixe, as frituras por assados ou cozidos.
  • No lanche: troque os biscoitos recheados por uma barra de cereal. Substitua o leite integral pelo desnatado. Tome água com limão e pepino toda manhã ao invés de sucos adoçados.
  • No jantar: a última refeição do dia. Tente diminuir os carboidratos como arroz, batata e pao. Se você come sanduíche, opte por recheios com peito de peru ou atum sem queijo no lugar de hambúrguer ou salame.

Última dica: coma sempre devagar, assim você comerá menos.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

2) Para secar

Biosom Image

Já para as pessoas que desejam secar aqueles quilos extras em até um mês, o ideal é apostar em um cardápio mais enxuto, com cerca de 1.000 calorias diárias. Neste tipo de dieta, se a pessoa seguir a risca, é possível perder um quilo em uma semana.

3) Emagrecimento rápido

Biosom Image

As pessoas que querem emagrecer rapidamente devem apostar no cardápio de 800 calorias que, apesar de rigoroso, é eficaz e contribui para que a pessoa consiga perder, em até uma semana, 1 quilo. Esta dieta só pode ser utilizada durante dez dias e o ideal é que a pessoa que o realize não esteja praticando exercícios durante o período.

Veja também os 17 erros que não te deixam emagrecer (9:52)

 

Fontes:

http://www.helpguide.org/articles/diet-weight-loss/healthy-weight-loss-and-dieting.htm

http://www.webmd.com/hw-popup/carbohydrate

 

Receita De Picolé De Iogurte Com Frutas, Para Se Deliciar Sem Medo Da Balança Neste Verão.

Veja Estes 10 Alimentos Que Servem Para Limpar O Cólon !

ALimentos que limpam o cólon

Manter o intestino limpo de impurezas, além de ser saudável, proporciona diversos outros benefícios para o corpo, entre eles a perda de peso, a melhoria no sistema digestivo e evita as chances de câncer de cólon.

Segundo a Organização Mundial de Gastroenterologia, cerca de 20% da população mundial sofre com problemas intestinais, esse fato se dá muito pelo fato da má alimentação.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

Veja a lista com os 10 tipos de alimentos capazes de limpar o cólon e oferecer uma digestão saudável com os nutrientes que possuem:

Biosom Image

1) Maçã

Você pode tanto come-la inteira quanto fazer um suco, ou até mesmo um vinagre de maçã. Não importa. O que importa é que a maçã é um alimento simples e acessível e possui fortes compostos que auxiliam o intestino, como fibras e pectina (forte agente que atua no interior do intestino capaz de eliminar as toxinas acumuladas no cólon, além de fortalecer o revestimento intestinal).

2) Abacate

O abacate é sem dúvida uma ótima opção para quem estiver com problemas digestivos, pois assim como a maçã, ele também é rico em fibras, incluindo as solúveis e as insolúveis, que proporcionam muitos benefícios.

As fibras solúveis, por exemplo, limpam o cólon e oferecem saúde ao intestino, o que reduz as chances do surgimento do câncer de cólon. Já as fibras insolúveis absorvem água para liga-la com outras substancias, auxiliando-as durante a passagem até o intestino. Esse processo evita o acumulo de toxinas que podem gerar a constipação.

3) Sementes de Chia

Essas sementes possuem um ótimo perfil nutricional e são frequentemente recomendadas por especialistas. Possuem uma quantidade elevada de gorduras saudáveis e fibras que limpam o cólon, além de evitarem a constipação.

As sementes possuem substâncias ricas em ómega-3 e ácidos graxos anti-inflamatórios. Você pode consumi-las de diferentes formas, misturando-as com água, fazer um mingau ou simplesmente acrescenta-las nas saladas, vai de sua escolha!

4) Psílio

O psílio é outra ótima e potente semente que auxilia na digestão, ao ser ingerida junto com água ela assume uma forma gelatinosa tão poderosa que proporciona muitos benefícios:

  • Reduz os níveis de colesterol
  • Desintoxica o intestino
  • Controla os níveis de açúcar no sangue
  • Promove a perda de peso
  • Reduz os níveis de colesterol total e de LDL (colesterol ruim)

Mas lembre-se de ingerir as sementes sempre com bastante água para que elas possam dissolver apoiando a limpeza do intestino, e assim evitar que se aglomerem bloqueando a garganta ou o esôfago.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

5) Suco detox

O suco detox pode facilmente ser acrescentado em sua dieta, você pode tomá-lo pela manhã junto com alguma refeição matutina, ou em pequenas doses durante o dia. Ele desintoxica o cólon, oferece variedade em sais de fibras justamente pelo mix das frutas, além de enzimas benéficos ao corpo humano.

Veja alguns tipos:

  • Suco de limão com pimenta caiena e mel dois colheres de suco de limão, dois colheres de mel, 1/5 de pó de pimenta e 1 copo de água para bater em um liquificador e tomar duas vezes ao dia.
  • Gengibre e suco de maça1 colher de gengibre descascado, meia maça, 1 copo deespinafre, meia cenoura, 1 copo de água para bater em um liquidificador e tomar uma vez ao dia.
  • Suco de limão – Coloque meio limão espremido em 1 copo de água e beber duas vezes ao dia.
  • Vinagre de maça e mel – 1 colher de vinagre de maça, 1 colher de mel, 1 copo de água e 1 tira de canela para bater em um liquidificador e tomar três vezes ao dia.

6) Peixes

Os peixes além de serem alimentos com pouca gordura – variando entre 2% a 8% de gordura – ao contrário da carne animal, são altamente ricos em ácidos graxos ômega-3 e alguns óleos essenciais que amparam na limpeza do sistema digestivo.

7) Ervas

Há uma variedade de ervas que você pode optar que oferecem suporte ao intestino, como por exemplo:

  • Sementes de erva-doce – Ajudam a eliminar o acumulo de muco intestinal e alivia os gases.
  • Menta – Funciona como um calmante para disfunções digestivas além de diminuir inchaços.
  • Orégano – Detém propriedades antivirais e antifúngicas, caso o problema seja alguma infecção causada por leveduras ou fungos.

8) Pimenta Caiena

Ok. Muitos poderão não gostar dessa opção, porém a pimenta caiena é inegavelmente um ótimo alimento a que você poderá recorrer.

Ela é popularmente conhecida por oferecer apoio durante a ação digestiva, aumentando a produção de enzimas e suco gástrico (fator que contribui para que o corpo possa metabolizar os alimentos mais rapidamente).

Ela também é útil para aliviar dores causadas por gases. Então acrescente pequenos pedaços durante as refeições, apenas tome cuidado para não exagerar.

9) Limão

Tanto o limão quanto outras frutas cítricas são boas para a limpeza do sistema digestivo, pois melhoram a ação da bile – fluido produzido pelo fígado responsável pela digestão de gorduras.

O fruto possui uma composição química bastante semelhante com a que é encontrada na saliva e no ácido clorídrico, atuando diretamente na digestão de amidos e proteínas.

Você pode fazer um suco bem reforçado para tomar pela manhã, garanto que seu sistema digestivo irá melhorar consideravelmente.

[td_block_ad_box spot_id=”custom_ad_2″]

10) Espinafre

O espinafre juntamente com alguns frutos verdes e legumes ricos em clorofila, garantem a limpeza do cólon e uma digestão saudável, podem incluir: azeitonas, aspargos, couve, salsão, ervilhas e acelga.

Todos esses frutos são poderosos e ajudam na desintoxicação do fígado e na limpeza do trato digestivo, o que pode evitar que várias doenças possam surgir.

Conheça mais algumas dicas e benefícios para manter o intestino limpo no vídeo a seguir:

 

 

Fonte:

http://www.naturalnews.com/038680_colon_cleansing_foods_apple_cider_vinegar.html

http://www.mindbodygreen.com/0-16884/7-gut-cleansing-foods-to-add-to-your-diet.html